Oração de Jesus: “E a vida eterna é esta: que te conheçam” – João 17

Anúncios

Em Apocalipse 1.3, livro da revelação que o Senhor Jesus deu a João, está escrito: “Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas porque o tempo está próximo.”
Glória a Deus, pois para quem não sabe lê tem ouvido para ouvir, mas tem um porem não basta apenas ler ou ouvir, precisa guarda as coisas que nela estão escritas para ser feliz, bem-aventurado.
É preciso nos alimentar de Jesus, “Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim” João 6.57. E não vejo outra forma de alimentar-se de Jesus sem conhecer a palavra dele, sem buscar conhecimento da palavra que ele nos deixou, o manual que todo ser humano deva ter e conhecer, sim, todo ser humano que quer ter a vida eterna, pois veja bem o que é vida eterna: “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviastes” João 17.3. Segundo o que me foi passado como resultado de uma pesquisa um ser humano só pode dizer que conhece o outro após 15 anos de convivência. Quanto tempo você tem convivido com o Senhor Jesus? Quanto tempo você o tem buscado diariamente? Conhecer na bíblia é algo sério não é apenas saber o nome da outra pessoa e dizer: Eu conheço fulano, não conhecer na bíblia é algo mais íntimo, mais profundo. É algo somente para íntimos, veja alguns exemplos que a própria bíblia nos revela:

E CONHECEU Adão a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz a Caim, e disse: Alcancei do SENHOR um homem. Gênesis 4.1;
E conheceu Caim a sua mulher, e ela concebeu, e deu à luz a Enoque; e ele edificou uma cidade, e chamou o nome da cidade conforme o nome de seu filho Enoque; Gênesis 4.17;
Agora, pois, matai todo o homem entre as crianças, e matai toda a mulher que conheceu algum homem, deitando-se com eleNúmeros 31.17;
E levantaram-se de madrugada, e adoraram perante o SENHOR, e voltaram, e chegaram à sua casa, em Ramá, e Elcana conheceu a Ana sua mulher, e o SENHOR se lembrou delaI Samuel 1.19.
Vejamos nestes exemplos que a palavra conheceu está se referindo ao homem a deitar-se com sua mulher e ter relações sexual, embora o mundo banaliza este ato, este ato é para íntimos, é algo que deva acontecer somente no leito de marido e mulher, coisa íntima. Deus quer que nós o conheçamos intimamente, ele quer ter comunhão conosco, está é a vida eterna.
Jesus disse que o povo erro por não conhecer as escrituras: E Jesus, respondendo, disse-lhes: Porventura não errais vós em razão de não saberdes as Escrituras nem o poder de Deus?  Marcos 12.24;

Em Oséias Deus revela que nós devemos conhecer e não somente conhecer mas prosseguir em conhecer, isso significa nos aprofundar em conhecer cada vez mais, pois Deus quer que nos conheçamos ele, mais do que fazer sacrifícios, holocaustos: Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao SENHOR; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra. Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos. Oséias 6.3,6.
Por falta de conhecimento, por falta de intimidade com Deus o povo foi destruído: O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos. Oséias 4.6.
Nós seres humanos ficamos as vezes maravilhado diante do mar, de uma montanha, de uma floresta, de uma obra de arte em geral, mas Deus em sua infinita bondade quer nos dá a maior alegria e fazer-mos ficar maravilhado e o que tem de mais maravilhoso para nos completar é Ele mesmo ( O Senhor Jesus), vejamos isso na oração do Senhor “E a vida eterna é esta”, vamos finalizar lendo todo a oração de Jesus que foi por mim e por vc também que crê no Senhor Jesus, ele orou por nós, é a oração mais bonita que as escrituras registra.

1) JESUS falou assim e, levantando seus olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti;
2) Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste.
3) E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.
4) Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer.
5) E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.
6) Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra.
7) Agora já têm conhecido que tudo quanto me deste provém de ti;
8 ) Porque lhes dei as palavras que tu me deste; e eles as receberam, e têm verdadeiramente conhecido que saí de ti, e creram que me enviaste.
9) Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.
10) E todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e nisso sou glorificado.
11) E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.
12) Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse.
13) Mas agora vou para ti, e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos.
14) Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.
15) Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal.
16) Não são do mundo, como eu do mundo não sou.
17) Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.
18) Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.
19) E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.
20) E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim;
21) Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.
22) E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.
23) Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.
24) Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.
25) Pai justo, o mundo não te conheceu; mas eu te conheci, e estes conheceram que tu me enviaste a mim.
26) E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.
If you enjoyed this post, make sure you subscribe to my RSS feed!